1 Followers
25 Following
paulopires90260

Livros e Marcadores

Currently reading

A Ilha dos Espíritos
Camilla Läckberg

A Amante do Papa

A Amante do Papa - Jeanne Kalogridis «Um irresistível romance histórico da Renascença Italiana.

Este livro tem dois pontos de incontornável interesse, Catarina Sforza uma figura impar e os Borgia.

Catarina Sforza «famosa por sua audácia no amor e na guerra», dominava ambas as artes! Com um apurado sentido prático, uma perspicácia politica e militar que sobressaia e a destacava. Era adorada por uns e temida por outros.

Esta é a época dos Borgia, a incontornável família espanhola/italiana da renascença italiana, que conseguiu “produzir” 3 papas. Uma família onde o sexo, a corrupção, incesto, adultério e assassinatos (preferencialmente por envenenamento) alimentavam e conduziam a ganância pelo poder. Esta carga sombria que envolvia a família é também um dos grandes apelativos da mesma, dando origem a uma famosa série televisiva com o nome “The Borgias”.

Narrada pela dama de companhia (e irmã adoptiva) de Catarina Sforza, Dea, esta história ganha cor nas suas palavras e anseios, na Fortaleza de Ravaldino, quando estão a ser atacadas. E através de um “flasback” ganhamos a percepção de toda a história e o que as levou até ali.

A descrição das personagens é um verdadeiro deleite, são descrições coloridas e breves.

«Está nua, e a luz impregna a sua pele branca de um brilho quente, como se tivesse mergulhada em mel (...)»

Gostava de realçar também o detalhe oportuno e não muito extenso com que somos brindados ao longo deste livro. A autora detêm a minúcia e o talento que nos permite transportar para o século XV.

Não pude deixar de reparar na atenção peculiar dada ao nariz de muitas das personagens, que de uma forma “definitiva” decretam a beleza, ou a falta dela, de uma personagem.


Catarina é uma mulher, cujo crescimento acompanhamos pelos olhos de Dea, através de confidências, diálogos e de ter testemunhado muitos dos acontecimentos. Assim é-nos permitido acompanhar a evolução espantosa desta personagem, que passa de menina travessa e mimada a arguta e temida “Senhora”. Uma personagem que tem tanto de intrigante como de austera.
Catarina é-nos apresentada com uma mulher obstinada, determinada e ousada em tudo o que faz. No seu trajecto depara-se com Rodrigo Bórgia, de quem fica amante, e com quem quebra o relacionamento posteriormente, para descontentamento do mesmo.

Na luta pelo poder e defesa dos seus bens e interesses, os Borgia passam a ser um dos obstáculos e um temivél inimigo com que Catarina tem que se debater ao longo do enredo.
Dea é o oposto, uma personagem mais submissa, a confidente, e mais fiel aos papéis que lhe foram atribuídos, com o peculiar dom de ler as cartas.

Neste livro somos brindados com momentos de uma enorme sensualidade, como pequenas pérolas. Pequenos e preciosos (...)»

Ler mais em:

Opinião A amante do papa |Livros e Marcadores